Opinião

À esquerda, as assimetrias de poder são centrais à critica do capitalismo. Para aprofundar a democracia, é necessário acabar com o poder do capital. Mas para a expandir, é preciso democratizar todas as estruturas sociais.

Esta será, sem dúvida, nos próximos meses e anos, uma das lutas mais importantes para impedir a desarticulação dos direitos do trabalho e travar uma das mais agressivas estratégias de exploração que estão em marcha. Deu-se um passo muito importante, mas a disputa permanece em aberto.

Após um empilhador de polémicas chamado Cabrita, a fasquia está agora muito alta: para um ministro abandonar um Governo terá de acumular muitos, inquestionáveis passos em falso.

não disponível

Resoluções Mesa Nacional

Vamos a estas eleições com candidatas e candidatos, com propostas sólidas para responder aos problemas do país e impedir uma maioria absoluta que corresponda a um novo ciclo político.

Uma lista que representa tantas causas, tantas lutas e com uma média de idade de 40 anos. 

 #Legislativas2022 #bloco #BlocodeEsquerda #porto #esquerdanet

Notícias

Bloco Distrital do Porto

O III Encontro Distrital do Trabalho do Bloco de Esquerda do Porto pretende juntar, mais uma vez, dirigentes e delegados sindicais, ativistas laborais e dos coletivos de precários para partilhar experiências de luta e de intervenção nos diferentes setores e para debater os principais problemas e desafios que se colocam aos trabalhadores.

Bloco Distrital do Porto

A deputada Isabel Pires esteve conjuntamente com uma delegação do Bloco de Esquerda Distrito do Porto presente e solidária com os trabalhadores do banco Santander, que atravessam um processo de despedimento selvagem, colocando muitas pessoas numa situação de extrema dificuldade.

Bloco Distrital do Porto

Na reunião com a direção da Segurança Social do Distrito do Porto, o Bloco de Esquerda abordou os temas das respostas sociais: na infância, na velhice, na saúde mental ou na resposta aos despejos e à emergência habitacional.

Adere ao Bloco

No debate quinzenal com o primeiro-ministro, Catarina Martins começou por condenar a proposta “inqualificável” de André Ventura de “confinamento de pessoas de acordo com a sua etnia” e criticou as tentativas do deputado do Chega para calar o campeão português Ricardo Quaresma.

O deputado José Soeiro enumerou os vários abusos consequentes da transição repentina e da falta de regulação deste modo de trabalho, desde o prolongamento da jornada laboral, a desigualdade de género e a invasão de privacidade.

Na apresentação do projeto de lei do Bloco para um regime excecional de renda não habitacional para lojistas e retalhistas afetados pela Covid-19, a deputada Maria Manuel Rola denunciou a chantagem dos gestores e proprietários de centros comerciais e fundos imobiliários com o prolongamento de prazos de contratos, o aumento posterior de rendas e a introdução de cláusulas ilegais de renuncia a direitos judiciais.