Opinião

Para responder a quem dedica a sua vida às artes e se vê agora sem rendimento é preciso intervir no imediato em pelo menos três dimensões, além de se preparar o futuro.

Em Portugal, a cultura científica é ainda escassa. Que isso seja uma realidade que precisa de ser combatida, estamos de acordo. Que o próprio Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior sofra de falta de ação pelas mesmas razões, é mau.

Não basta dizer que estes trabalhadores e trabalhadoras de lares são heróis ou heroínas, é necessário valorizar e enquadrar o trabalho que fazem, pagar o valor justo pelo trabalho sobre-humano que estão a realizar.

Na luta forte que ainda há a fazer pela redução, tão biologicamente necessária, da jornada de trabalho, conhecer a coragem e determinação dos operários e trabalhadores de há 170 anos, pode ser uma poderosa alavanca…

Fica então para segunda-feira porque fechar as escolas a uma sexta-feira-13 pode dar azar. As escolas ainda não fecharam mas a Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares anunciou o encerramento do atendimento presencial.

não disponível

Resoluções Mesa Nacional

Serralves

O Museu de Serralves determinou, a 16 de Março de 2020, a suspensão de todas as atividades de museografia, mais especificamente a desmontagem e montagem de exposições, o que apenas foi comunicado verbalmente aos trabalhadores responsáveis por essas tarefas na manhã desse mesmo dia. Toda a equipa externa foi dispensada nesse momento. No entanto, esta equipa tinha trabalhos marcados até dia 31 de Março e seguintes meses.

Situação semelhante, mas com outras especificidades, sucedeu com os trabalhadores do Serviço Educativo Artes da Fundação de Serralves, que se encontram neste momento sem vencimento, depois de terem proposto à Fundação o desenvolvimento de atividades a distância e online.

Notícias

Descarga no Rio Ferreira
Bloco Distrital do Porto

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda, através da deputada Maria Manuel Rola questionou o Ministério do Ambiente e da Ação Climática, sobre novas descargas no Rio Ferreira.

Bloco de Esquerda Valongo
Bloco Distrital do Porto

O Grupo Municipal do Bloco de Esquerda de Valongo enviou ao executivo camarário um conjunto de questões sobre alguns dos problemas identificados na comunidade, aguardando respostas urgentes. Que abertura e que atos concretos levarão ou pensam levar a cabo o Sr. Presidente da Câmara e o seu executivo municipal para desenvolver as seguintes ações mitigadoras da crise da pandemia COVID-19, no concelho de Valongo

Protesto contra o aterro de Sobrado, em Valongo.
Bloco Distrital do Porto

Na sequência do despacho do Ministro do Ambiente e Ação Climática, onde claramente é facilitada a gestão de resíduos, o Bloco de Esquerda Valongo alerta para a "caixa de pandora" que este despacho pode estar a abrir, nomeadamente no aterro da RECIVALONGO, em Vale da Cobra, Sobrado.
 

Bloco de Esquerda
Bloco Distrital do Porto

O Bloco de Esquerda de Vila Nova de Gaia, enviou uma carta a apresentar as suas propostas e a manifestar o seu apoio e solidariedade à Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia neste período de crise motivado pela Covid-19, reconhecendo o conjunto de intervenções já definidas de articulação entre instituições e as respostas que foram prontamente definidas a diversos níveis da vida das famílias, das empresas e da cidadania individual.