Setembro 15, 2017 05:03 PM

A gestão da Caixa é independente do aparelho do Estado, mas o Estado enquanto único investidor, deve ter uma palavra a dizer nas decisões, nomeadamente nas que podem afectar o serviço público. Haja decoro! Chega de mentiras! Não pode valer tudo.

Setembro 11, 2017 05:40 PM

As questões sociais devem constituir objecto da maior atenção por todos aqueles que se propõem servir os interesses dos cidadãos candidatando-se em qualquer autarquia.

Em Matosinhos ainda subsistem muitos problemas sociais, alguns, já antigos, que foram agravados pelas dificuldades criadas com o esbulho, patrocinado pela troika e levado à prática pelo governo PSD/CDS, e de que os cidadãos ainda não foram suficientemente ressarcidos.

Setembro 4, 2017 06:02 PM

A promoção das diferentes disciplinas de desporto entre os cidadãos mais jovens e os menos jovens, deve constituir uma preocupação dos responsáveis autárquicos.

A vantagem da prática desportiva entre os jovens não necessita de defesa, é uma evidência reconhecida e está bem patente nos resultados escolares obtidos pelos praticantes de desporto.

A prática desportiva dos cidadãos activos e entre os mais idosos é um manifesto benefício para a sua qualidade de vida, devendo integrar qualquer plano para um envelhecimento activo.

Os clubes desportivos existentes no concelho de Matosinhos asseguram um importante papel na formação dos jovens em matéria desportiva, na sua forma federada.

Agosto 30, 2017 06:02 PM

Os grandes interesses financeiros, através dos seus meios de comunicação, procuram propalar a narrativa de que a responsabilidade das alterações climáticas não tem a ver com as indústrias poluentes, nem com a utilização intensiva de energia produzida a partir de combustíveis fósseis, tentando fazer crer que isso se deve, apenas, às alterações cíclicas do clima do planeta. Está cientificamente provado que isto não é verdade.

Agosto 23, 2017 05:48 PM

Tal como no resto do país, também no nosso município se verificam grandes assimetrias entre os núcleos urbanos e os espaços de maior ruralidade. Estas assimetrias manifestam-se nas desigualdades de investimento, nas injustiças sociais e nos atropelos ambientais, pelo que urge pensar o conjunto do município como um lugar único, criativo, capaz de desenvolver as suas múltiplas valências, sem perder as suas características próprias, gerando, efectivamente, os direitos básicos a todos e a cada um dos cidadãos de Matosinhos.

Agosto 17, 2017 08:11 AM

A Câmara Municipal procedeu à abertura de um concurso público para concessão da recolha de resíduos no município e este foi ganho pela empresa ECOREDE.

Desde os primeiros dias, esta empresa foi incapaz de responder ao desafio, mostrou-se pouco eficiente no serviço prestado, com o lixo a amontoar-se nas ruas junto aos contentores por falta de recolha. O facto foi-se arrastando ao longo dos dias e foram muitas as queixas formuladas pelos munícipes contra este estado de coisas, o que levou o executivo camarário a informar que estava atento e que a empresa ECOREDE seria penalizada no pagamento, pelo incumprimento, alegadamente por falta de pessoal e de material ou por inadequação do mesmo.